Vai pra Rússia?! Fazer o que? E não é perigoso?

Qualquer um que já tenha ido à Rússia ou que pelo menos tenha anunciado a intenção de visitar o país deve ter ouvido essas perguntas. E, até certo ponto, é compreensível, porque a Rússia não é um destino tradicional de viagem e, sobretudo, ainda desperta algum receio. Eu mesma, antes de decidir viajar, fui me informar se seria seguro visitar pelo menos Moscou e São Petersburgo sem uma excursão ou guias locais.

Tudo o que descobri, seja em minhas leituras, seja in loco, foi que a Rússia (ao menos em suas grandes cidades) é um destino tão seguro quanto os mais usuais destinos turísticos da Europa. Há, sim, alguns entraves para o turista independente – como a falta de informações em inglês até mesmo nos sites oficiais das atrações, e a absoluta inexistência de sinalização no alfabeto latino em Moscou, o que obriga o turista a aprender a transliterar as palavras a partir do alfabeto cirílico -, mas isso não inviabiliza nem torna menos interessante a viagem, só exige mais planejamento e jogo de cintura para saber lidar com os imprevistos (como encontrar o Kremlin fechado durante 5 dias seguidos…).

E por isso vou começar os posts sobre essa viagem com uma lista das minhas fontes de pesquisa, uma espécie de bibliografia da viagem.

Os blogs brasileiros que tratam da Rússia já estão listados no Viaje na Viagem, e considero a leitura de cada um essencial para quem quer se familiarizar com o destino, mas tenho de destacar os que mais me inspiraram:

Arquivo de viagens: láaaa em 2008, quando a Luísa passou um mês viajando pela Rússia, acompanhei os posts dela com muita curiosidade, mas fiquei convicta de que ainda não estava preparada para “enfrentar” um destino complicado como esse. Bom, considerando que abri mão de ir a qualquer cidade “do interior” da Rússia, acho que ainda não estou… 🙂

DriEverywhere: em junho de 2011, a Adriana voltou a Moscou e fez posts mostrando como a cidade ficava linda no verão e destrinchando algumas das “armadilhas” para os turistas, como as dificuldades com o idioma e o metrô. Foi a partir desses posts que eu comecei a tornar concreta a idéia de ir à Rússia;

Viaggiando: a Camila fez de São Petersburgo um dos destinos de sua primeira viagem à Europa e seu relato foi o que faltava para eu saber que era hora de ir à Rússia.

Moscou não tem um site oficial de turismo, mas esta página tem um bom resumo das atrações principais. São Petersburgo tem um site parecido. Essas páginas são importantes porque acabam sendo a única fonte de informação sobre algumas atrações menos procuradas, como certos parques e igrejas.

Um recurso que me ajudou bastante no planejamento dessa viagem (e que eu nunca havia usado antes) foram os vídeos. Achei muito interessante poder me familizarizar com a “cara” das cidades, especialmente em relação a Moscou, que é uma cidade monumental, com atrações espalhadas e enormes distâncias a serem percorridas a pé, apesar do eficiente metrô.

O primeiro vídeo é para convencer quem ainda não tem certeza de que Moscou é um destino interessante:

Para entender melhor Moscou, encontrei os vídeos do programa Moscow Out, produzido pelo canal Russia Today (canal de notícias russo em língua inglesa). Tem uma variedade enorme de assuntos e separei apenas alguns essenciais para postar aqui:

Sobre o Kremlin:

Sobre as atrações nos arredores do Kremlin:

Sobre a Tverskaya Ulitsa, uma das principais avenidas da cidade:

Sobre os vestígios da antiga URSS:

Para pesquisar mais vídeos, basta procurar o canal do Moscow Out no Youtube. Na página do Russia Today, tem vídeos mais antigos, que não estão no canal do Youtube.

Não encontrei nada semelhante em relação a São Petersburgo, mas alguns episódios do programa Moscow Out foram dedicados a essa cidade. O primeiro, é um tour histórico e mostra a cidade no inverno:

Os outros dois foram feitos no verão e mostram passeios de barco e outras atividades típicas dessa estação, quando a cidade se enche de turistas:

O Tripadvisor também foi uma fonte de informações importantíssima para organizar essa viagem. Alguns tópicos essenciais são os que explicam como usar o metrô de Moscou e como comprar passagens de trem (tutorial atualizado), já que o site é só em russo. E, para quem é fã de ballet, como eu, vale a pena ler alguns tópicos que ajudam a escolher espetáculos em São Petersburgo e até as melhores cadeiras nos principais teatros.

Também encontrei um ótimo trip report, cheio de observações práticas (para as partes seguintes desse relato, é só procurar pelo nome da autora – DrDebi), e um tópico com idéias de passeios fora do lugar comum em Moscou. Aliás, sobre esse mesmo assunto, me lembrei do site Phoebe’s Walks, que tinha encontrado no começo das minhas pesquisas, mas acabei deixando meio de lado, porque sabia que não ia ter tempo de fazer os passeios sugeridos…

Alguns sites de notícias sobre a Rússia, em inglês:

The Moscow Times

The Moscow News

Saint Petersburg Times

Pronto! Acho que já tem material suficiente pra iniciar os planos de viagem (e pra responder às perguntas do título também!).

Anúncios

53 Responses to “Vai pra Rússia?! Fazer o que? E não é perigoso?”


  1. 1 Georgia 29/06/2012 às 13:48

    Show! Pena que saiu depois da minha viagem!!! Muito bom mesmo. Parabéns! Consultei basicamente aos mesmos sites que vc mas não conhecia os vídeos. Adorei o tutorial da passagem de trem, que foi fundamental para a minha viagem.
    Wanessa, vc vai facilitar a vida de muuuuita gente!
    Beijos

    • 2 Wanessa 29/06/2012 às 20:16

      Obrigada, Geórgia!
      Planejei minha viagem quase na mesma época que você e até aproveitei algumas respostas a perguntas suas no Tripadvisor. Eu só conheci esses vídeos uma semana antes de viajar e assisti freneticamente, pensando como é que eles nunca tinham aparecido nas minhas buscas por aí… Mesmo assim, achei bem úteis.

  2. 3 Camila Navarro 30/06/2012 às 16:03

    Wanessa, você só estava precisando de um leve empurrãozinho, né? Agora eu é que vou querer aproveitar suas dicas de Moscou! E quero rever São Petersburgo, é claro! 😉

    Beijos!

  3. 5 Teka 03/07/2012 às 14:48

    Wanessa, estou ” devorando” o teu blog! Suas descrições e respostas são ótimas pra alguem que tá em fase de busca desesperada como eu…gostaria de começar te poerguntando, sobre o clima em Moscow e St Petesburgo…vc esteve lá agora? Estamos planejando para setembro ou outubro….sera q esses meses são uma boa? Precisamos definir looogoo….vc acha melhor pegar um pouco mais de frio (outubro), ou melhor ainda aproveitar setembro?? Sabe me dizer algo a respeito….pra começar, é isso, se puder me ajudar, te agradeço muito…depois virão as proximas duvidas..hehehe

    • 6 Wanessa 03/07/2012 às 15:02

      Oi, Keka! Nas próximas semanas, devo postar mais informações sobre planejamento e sobre a minha viagem propriamente dita, mas vou adiantar alguma coisa sobre o clima: pelo que li quando estava pesquisando, os piores meses para visitar a Rússia são de fevereiro a abril, pois as cidades ficam “sujas” com a lama resultante do degelo de toda a neve acumulada no inverno e com os produtos usados para derretê-la. Fora isso, é uma questão de tolerância ao frio. Não tenho como dizer sobre as temperaturas em setembro e outubro, já que a minha viagem foi agora em junho. Escolhi o começo do verão de propósito, para pegar uma temperatura amena. Sugiro que você olhe as médias históricas no http://www.wunderground.com ou no http://www.weather.com. O que achei do clima tanto em Moscou quanto em São Petersburgo é que há muita (muita mesmo) instabilidade. Às vezes, você acorda e vê um céu azul, sem uma nuvem, e uma hora depois, cai uma tempestade! E eu, acostumada a não acreditar em previsão do tempo, fui pega de surpresa no começo, mas aprendi rapidinho a andar sempre com guarda-chuva na bolsa! Fique à vontade para deixar suas dúvidas.

      • 7 Georgia 16/09/2012 às 21:04

        Wanessa e Teka,
        Fui a Moscou e St Pete no final de abril desse ano (21 a 29) e o tempo estava ótimo. Friozinho gostoso, para casaquinho leve. Nessa época não havia sujeira provocada pelo degelo. Peguei uma chuvinha boba em 1 dia em St Pete.

        • 8 Wanessa 16/09/2012 às 21:45

          Então parece que abril é melhor que junho, Geórgia!
          Não que eu tenha passado frio, mas peguei mais chuva do que sol em Moscou. Em São Petersburgo, foi melhor, mas também peguei uns dois dias inteiros de chuva e outros com muito vento e tempo bem instável.

  4. 10 Luciane - perrengueiros 09/07/2012 às 11:42

    Oi! Será que vc vai lembrar de mim? Nos conhecemos em São Petersburgo, no passeio para o palácio de Tsarkoe Selo! Bjs meus e do Bruno.

  5. 11 Milena F. 25/08/2012 às 16:23

    Adorei St Petersbourg e a próxima etapa será Moscou, com certeza! Mas ao meu redor as pessoas dizam mais “o que tem para visitar lá, não é pobre?”. Claro que as pessoas de melhor nível cultural conhecem a história e a beleza principalmente dessas duas cidades, mas para a maioria é praticamente “o fim do mundo”!
    Além dos blogs que vc citou eu consultei muito o blog da Lu Russa, que morou vários anos em St Petersbourgo e conheceu bastante da Russia, além de ter voltado lá esse ano a passeio!

  6. 13 Nehemias 03/03/2013 às 16:43

    Moscow devera ser minha escala para Volgograd e depois de carro para Nikolaevsk. Por gentileza, saberia dizer algo a respeito da cidade de Nokplaevsk?

  7. 16 fernanda 19/03/2013 às 19:06

    Wanessa, li num dos links que você postou aqui, que o visto brasileiro só é isento, se você chega de um vôo direto do brasil na russia. Você sabe se isto ´e verdade?estou indo de um voo de dublin para copenhagen e de lah para moscou. Tenho passaporte brasileiro válido.

    Obrigada!

    • 17 Wanessa 19/03/2013 às 22:47

      Olá, Fernanda!

      Quando eu viajei, não existia essa exigência. Tanto que fui de Lisboa, num vôo que não era conexão do meu vôo brasileiro. Acho que atualmente nem temos vôos regulares ligando Brasil e Rússia… Não ouvi falar de nenhuma mudança nas regras de lá pra cá.

      Você poderia me dizer onde encontrou essa informação? Queria pesquisar, para não passar nenhuma informação errada (ou não indicar fonte que contenha informação errada…).

      Se você já estiver com sua viagem marcada e quiser se certificar, poderia entrar em contato com a embaixada ou consulado russos no Brasil.

      • 18 Valeska Gaspodini 19/03/2013 às 23:07

        Olha Fernanda, estivemos lá em outubro, e chegamos pela Estônia, nunca vi nada disso nao, ate onde eu sei, Brasileiro nao precisa de visto e ponto. E olha q pesquisei bastante…..nao encontrei nunca nenhuma exceção q diga q brasileiro precise visto…até pq, nao seria muito coerente…ou precisa ou nao, né….

        • 19 Wanessa 20/03/2013 às 6:42

          Fernanda e Valeska,

          Para tentar confirmar essa informação, pesquisei nos sites da embaixada russa e do consulado em São Paulo. Segundo eles, o brasileiro com passaporte válido não precisa de visto para permanecer até 90 dias na Rússia para fazer turismo (quem vai estudar, trabalhar, fazer pesquisa ainda precisa de visto).

          Transcrevo as informações do site da Embaixada: http://www.brazil.mid.ru/visa.html#
          Sendo cidadão brasileiro, eu preciso de visto para…
          …fazer turismo na Rússia?
          Não, desde que o prazo da sua permanência na Rússia não ultrapasse 90 dias, nos termos do Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da Federação da Rússia para a Isenção de Vistos de Curta Duração
          Nesse link, tem como pegar cópia do acordo firmado entre Brasil e Rússia, em português, russo e inglês.

          Do site do Consulado: http://www.sao-paulo.mid.ru/Pt/vistos_pt.html
          “O acordo realizado entre o Brasil e a Rússia para a liberação (isenção) de vistos de curta duração para nacionais de ambos os países, celebrado no Rio de Janeiro em 26 de novembro de 2008, está em vigor a partir do dia 7 de junho de 2010.

          Pelos termos do acordo, os portadores de passaportes válidos dos países ficarão isentos de visto para entrar, sair, transitar e permanecer no território da outra parte por período não superior a 90 dias, a cada período de 180 dias, a partir da primeira entrada.

          Os nacionais brasileiros e russos podem entrar, transitar e sair do território da Rússia, se brasileiros, e do Brasil, se russos, através dos pontos de fronteiras abertos ao tráfego internacional de passageiros.

          Na impossibilidade de saída do território, por motivo de força maior, será necessário solicitar a prorrogação da permissão de entrada, desde que o impedimento seja comprovado mediante documentos ou confirmado de outra forma.

          Os nacionais brasileiros e russos portadores de passaportes nacionais válidos deverão obter os vistos apropriados segundo a legislação da Rússia, se brasileiros, e do Brasil, se russos, se pretendem desempenhar qualquer atividade remunerada ou empregatícia, atividades missionárias, trabalho voluntário, estudos, estágios e pesquisa.”.

          Em resumo, continua valendo o acordo e ele não está condicionado ao tipo de voo que você pega pra chegar à Rússia.

  8. 20 sonia boarin 14/04/2013 às 11:48

    gostaria de saber se há pessoas, falando a Língua Espanhola na Russia

    • 21 Wanessa 14/04/2013 às 18:05

      Olá, Sonia! Certamente há guias especializados que falam espanhol, mas acredito que será difícil encontrar nas ruas pessoas que falem essa língua (se o inglês ainda não é tão falado por lá, imagino que seja ainda mais raro achar pessoas que dominem o espanhol). Acho que, nos hotéis, pode ter alguém que fale a língua, mas tambem acredito que não seja a regra.

  9. 22 VIVIANE CARLITO 30/06/2013 às 12:07

    Ola Wanessa, pretendo ir no final do ano na Rússia pois estarei na Europa, só sei falar português e italiano…será que fazendo um cronograma com passo a passo de onde pretendo ir vou passar muito sufoco?

    • 23 Wanessa 30/06/2013 às 13:51

      Oi, Viviane, Acho que vc pode ter dificuldade de se fazer entender, se precisa pedir informações na rua ou ler cardápios, por exemplo. Mas nada que estrague a viagem! Com planejamento antes e bom humor durante a viagem, tudo dará certo.

      Enviado via iPad

    • 24 Valeska Gaspodini 01/07/2013 às 11:47

      Olá Viviane!
      Bem, de qqer forma o ingles não iria te ajudar muito, pois fora do circuito turistico ( e muitas vezes ate nos lugares turisticos…) ninguem fala outra lingua que nao seja: RUSSO!
      Uma dica é vc ir ate o Centro de Informaçoes Turisticas quase na esquina da Nevsky (só tem 2 na cidade inteira, entao é facil de achar) e pedir por uma moça q fala PORTUGUES! Se nao me engano ela trabalha a tarde, é supersimpatica e podera te ajudar muito a enteder os horarios e dias de funcionamento das coisas, e tb te dar umas dicas pra nao se meter em roubadas.
      Outra dica é: compre um livrinho de conversação, o da Publifolha é bem pequeno e pratico e aprenda algumas palavras uteis tipo, por favor, obrigado, bom dia, e tb algumas frases tipo, qto custa, onde fica, tem vaga, etc e tal…isso irá te ajudar muito, inclusive p ler as coisas na rua, pois o alfabeto deles é bem diferente do ocidental.
      No mais, bom humor, paciencia e improviso serao suas melhores armas e a diversão será garantida!

      Abraço!

  10. 27 Olga 12/02/2014 às 7:07

    Ola! Sou russa, moro em Moscou e trabalho como guia turistico. Falo portugues e ingles. Se alguem precisar de um servico de guia e acompanhamento nos lugares turisticos, ajudo a vcs com muito prazer!
    Olga

    • 28 Nelson Carmona 27/07/2014 às 15:33

      Olá Olga.
      Pretendo visitar Moscou e São Petersburgo em maio 2015. Voce pode enviar alguma informação sobre os seus serviços??
      Muito obrigado.

      • 29 Olga 11/10/2014 às 19:01

        Oi Nelson, tudo bem. Aqui esta o meu email – olinha@list.ru, vc poderia me mandar uma mensagem?

        Att
        Olga

        • 30 Nelson Carmona 12/10/2014 às 19:14

          Bom dia, Olga.
          Pretendemos visitar Moscou e S. Petersburgo no final de abril ou inicio de maio/15, tres dias em cada cidade. Seremos 3 casais acima de 60 anos. Você pode enviar uma proposta de seus serviços?
          Muito obrigado.

    • 32 Luiz De Franco Neto 25/08/2014 às 16:31

      Olá Olga, eu e minha esposa pretendemos chegar em Moscou no dia 18/09/14 e gostaríamos de saber mais informações a respeito dos seus serviços. Aguardo retorno. Obrigado Luiz

  11. 34 Egly 25/02/2014 às 19:53

    Olá Wanessa!!
    Estou planejando ir para Rússia em novembro. St Petersburgo e Moscou.
    Suas dicas estão me ajudando bastante no planejamento.
    O que mais tem me deixado receoso é a questão do idioma. Me imagino desembarcando no aeroporto e tentando pegar um trem tendo que “decifrar” aqueles caracteres! rsrsrs
    Como vc aprendeu a transliterar? Fez algum curso?
    Agradeço pela ajuda!

    Egly.

    • 35 Wanessa 04/03/2014 às 15:53

      Oi, Egly!

      O idioma dá um certo receio, porque é difícil ler as informações e também achar alguém que fale inglês pra ajudar. Mas, no meu caso, não atrapalhou a viagem, não.

      Eu aprendi a fazer a transliteração com ajuda de uma tabela que encontrei no Wikipédia, com o nosso alfabeto e o civilizo. Também achei umas aulas na internet, mas elas eram lentas demais, deixei de lado. Usei um aplicativo para o IPhone para aprender a pronúncia das frases mais comuns, como bom dia, por favor e “eu não falo russo”! Com algum treino, e depois de una dois dias de viagem, a transliteração fica bem fácil, e não tive problemas para me deslocar pra todo lado sozinha.

      Se você quiser ter uma introdução mais leve, planeje começar a viagem por São Petersburgo, onde há mais turistas e sinalização em inglês. Eu quis exatamente o contrário, ter um choque com a diferença, e por isso comecei por Moscou.

      Boa viagem!

      • 36 Olga 12/10/2014 às 7:13

        Olá Wanessa, tudo bem
        desculpe eu escrever aqui, mas eu gostaria que vc me ajudasse. Vc poderia me passar o email do Nelson Carmona, o visitante do seu blog, que perguntou sobre a Rússia? Eu não entrava no seu blog há muito tempo e não recebi a resposta dele… Grata, Olga (olinha@list.ru).

  12. 37 Bell 30/06/2014 às 20:57

    Queria saber em média quanto vc gastou, queria ir na copa do mundo em 2018 mas gosto de planejar bem antecipado, não consigo achar nem um hotel parecido com os albergue

  13. 38 Bell 30/06/2014 às 21:00

    Olá gostaria de ir em 2018 para a copa do mundo ,mas não consigo saber quanto em média vou precisar guardar e não consigo achar hotéis parecidos com albergues daqui. Penso em fazer um basicao de russo Pq realmente é difícil achar informações precisas em inglês. Muito bacana seu blog

    • 39 Wanessa 30/06/2014 às 22:38

      Oi, Bell!
      Obrigada pela visita.
      Acho que, se você tem interesse em aprender um pouco de russo, deve mesmo estudar a língua, mas saber transliterar as palavras do alfabeto cirílico para o nosso e saber aquelas palavras básicas (bom dia, por favor, obrigado, com licença…) já ajuda bastante, acho que é o suficiente pra fazer turismo. Além disso, na época da Copa, a quantidade de turistas internacionais vai se multiplicar na Rússia, e acredito que eles vão estar mais adaptados para receber esses visitantes.
      Não fiz uma média de gastos, mas a hospedagem na Rússia é notoriamente cara (na prática, não achei mais cara do que em outras grandes cidades da Europa, como Londres e Paris). O que falta – como você está percebendo – são opções mais baratas, voltadas para um público que não quer gastar muito em hospedagem, principalmente no centro de Moscou. Também acho que você pode esperar um pouco e ir pesquisando de vez em quando, para ver como o mercado se comporta daqui pra Copa.

  14. 40 andrerj75 01/08/2014 às 20:52

    Wanessa:

    Seu blog foi fundamental para me incentivar a ir à Rússia. Será que você me autorizaria a colocar um link dele no meu blog? Estou iniciando a vida blogueira…

    Obrigado.

    Abraços

  15. 42 Giovana 06/08/2014 às 16:48

    Wanessa,
    Suas dicas são ótimas, estou adorando, mas no momento o que mais me preocupa é a situação politica do pais, vou para Moscow dia 31/08/2014 com meu marido e minha filha de dois anos e meio…será que é perigoso? Já mandei email para os consulados, porém ainda não tive resposta.
    Obrigada

    • 43 Wanessa 07/08/2014 às 21:12

      Oi, Giovana!
      Obrigada pela visita! Fico feliz de saber que estou ajudando no seu planejamento.
      Hoje, eu não mudaria meus planos, porque não vejo uma situação crítica envolvendo a Rússia.
      Dei uma pesquisada no fórum do Tripadvisor – sempre uma boa referência, ainda mais que é voltado para o turista americano, normalmente mais medroso e resistente a destinos “exóticos” – e encontrei este tópico, onde o pessoal tem recomendado a viagem: http://www.tripadvisor.com/ShowTopic-g298484-i718-k7651941-How_safe_is_to_travel_to_Moscow_under_current_circumstances-Moscow_Central_Russia.html

      A gente fica com mais receio, porque, afinal, é a Rússia, um país que não tem uma imagem muito boa no cenário internacional, mas imagino que era a mesma sensação, por exemplo, que os europeus tinham em relação a vir à Copa no Brasil, e, no entanto, vivemos normalmente por aqui.

      Se estivesse na sua situação, eu manteria a viagem, mas cabe a você decidir. Acho que você deve continuar acompanhando as notícias e o fórum do Tripadvisor, e ver se vai se sentir segura e aproveitar a viagem. Se achar que irá ficar preocupada a ponto de não curtir, não vale a pena viajar…

  16. 46 Andre Barcelos da Silva 25/10/2014 às 19:06

    Muito legal a Rússia. Talvez quero morar lá. O que você acha?

  17. 47 Alinson Rissutt 04/07/2015 às 8:31

    Ola meu nome e Alinson, pretendo passar uns 50 dias ou ate mesmo permanecer la na Russia por um tempo, voce sabe me informar como consigo documento para trabalhar la? Fiquei sabendo que tem que aprender de qualquer jeito o idioma deles ne? Tambem soube que para brasileiros teoricamente o documento e mais facil! Isso e verdade? Obrigado!

  18. 48 Pedro Longi 26/08/2015 às 9:06

    Precisso de Visitar a Rússia

  19. 49 Pedro Longi 26/08/2015 às 9:13

    Precisso de viagem para Rússia vai ser melhor por mim

  20. 50 Igor Leonardo 13/03/2016 às 15:57

    Um conselho de Amigo ,não vao à russia!!! Pior sitio que ja tive na minha vida!!!! As pessoas entao nem vou falar …. Muito mau mesmo para nunca mais voltar!


  1. 1 Da Catedral de Cristo Salvador à Praça Vermelha (pelo caminho mais longo!) « Cadernos de Viagem Trackback em 17/09/2012 às 22:30
  2. 2 Dicas práticas para uma viagem à Rússia « Cadernos de Viagem Trackback em 03/11/2012 às 20:22
  3. 3 Letônia, Estônia e Rússia: é perigoso? | Viagenzinha, hein! Trackback em 02/08/2014 às 10:33
Comments are currently closed.



Blogs de Viagem

%d blogueiros gostam disto: