Berlim: do oriente ao ocidente no ônibus da linha 100

A dica eu peguei em um dos posts do Viaje na Viagem sobre Berlim: a linha de ônibus nº 100 é perfeita pra fazer um city tour pelos principais pontos turísticos da cidade. É pura verdade. Essa linha cruza a cidade de leste a oeste (ou o contrário, se preferir), da Alexanderplatz ao Zoológico, e é um jeito ótimo para se localizar e “entender” Berlim. Pena que eu só segui a dica no penúltimo dia de viagem, porque acabei concluindo que esse é o melhor jeito de começar uma visita à cidade.

Mas, vamos à rota (os nomes em negrito são as identificações de cada parada). 

O passeio começa na esquina da Karl-Liebknecht-Strasse com a Dircksenstrasse, pertinho da Alexanderplatz, a praça que era um símbolo da ex-Berlim Oriental. Do outro lado da praça começa a Karl-Marx Alee, uma avenida enoooorme, cheia de predinhos idênticos uns aos outros, tudo como era nos tempos do Muro. É curioso ir lá ver como era a cara da arquitetura socialista, mas é tudo tão parado e igual que cansa logo… Enfim, hoje, os arredores da Alexanderplatz foram tomados por lojas e mais lojas. Por ali ainda está a Torre de TV, que representava todo o avanço tecnológico de Berlim Oriental e hoje é um mirante muito visitado (passeio que deixei pra próxima vez…). 

Fiquei hospedada ali perto e as estações de metrô e trem da Alexanderplatz têm ótimas conexões para toda a cidade, sem contar que o ponto do ônibus que vai para o aeroporto ficava a uma quadra do hotel, no mesmo local onde para o da linha 100. 

A segunda parada é a Spandauer strasse, mas nem vale a pena tomar o ônibus para descer nela, porque é muito perto da anterior, já na praça por trás da Torre de TV. Só vale se bater uma preguiça… Aqui, dá para visitar a Berliner Rathaus (Prefeitura), com a linda fonte de Netuno em frente, e a Marienkirche, uma igreja medieval que está sendo restaurada atualmente. 

A próxima parada é a Lustgarten, na Museumsinsel, a Ilha dos Museus. É difícil escolher um só e ao fazer esse roteirinho do ônibus, é melhor só dar uma passeada por fora. Eu fui ao Pergamon (maravilhoso!) e entrei também na Neue Galerie, mas a visita foi rapidinha. Visitei também a Berliner Dom, a Catedral de Berlim, que é maravilhosa e tem uma vista linda lá do domo. 

A Staatsoper, próxima parada, é ópera de Berlim. Aqui, o ônibus já está percorrendo a Unter den Linden, avenida que é comparada à Champs Elisée de Paris. Essa região é linda, vale a pena descer do ônibus e seguir caminhando um pouco até a Bebelplatz e a Gendarmenmarkt, uma praça rodeada por prédios históricos. Aliás, esse é o lugar ideal para uma parada em um dos cafés/restaurantes com mesinhas na rua. Depois, já dá para pegar o ônibus na parada seguinte, a Friedrichstrasse

Brandenburg Tor é a parada seguinte. O Portão de Brandemburgo é um dos monumentos mais marcantes de Berlim. A região é tomada pelos turistas e, na Pariser Platz, em frente ao portão, há várias figuras bizarras esperando para serem fotografadas, desde soldados em uniformes de guerra até índios apaches. Um dos hotéis mais finos da cidade, o Adlon, fica bem ali do lado. 

A próxima parada, Bundestag/Reischtag, fica pertinho e por isso é melhor ir a pé. Também só assim dá para achar o melhor ângulo para fotografar a cúpula de vidro de Sir Norman Foster (maravilhosa, por sinal).

Depois de sair do Reischtag, o ônibus 100 corta o Tiergarten, um parque gigante, e dá para escolher qualquer das paradas – Platz der Republik, Haus der Kulturen der Welt e Schloss Belevue – para fazer uma caminhada em meio ao verde. Dentro do parque, há uns prédios residenciais que deixam o lugar com um jeito meio parecido com Brasília (minha opinião!). 

Uma idéia é descer na estação Schloss Belevue para visitar esse palácio e seguir a pé até a parada seguinte, a Grober Stern, onde está a Siegessaule, aquela estátua dourada de um anjo que aparece no filme Asas do Desejo, de Win Wenders (e que estava coberta por andaimes, em limpeza, quando passei por lá…). 

Terminado o passeio pelo Tiergarten, o melhor é pegar o ônibus 100 na próxima parada – Nordische Botschaften/Adenauer-Stiftung – e descansar um pouco, vendo a antiga Berlim Ocidental passar pela janela. Depois de quatro paradas (Lützolplatz, Schilltrasse, Bayreuther Strasse e Breitscheidplatz), chega-se ao ponto final do ônibus 100, o Zoologischer Garten

Aqui, as opções são muitas: dá para ir ao Zoológico, à Kaiser Wilhelm Kirche, uma igreja belíssima que foi destruída na Segunda Guerra e cujas ruínas permanecem em exposição (aliás, para visitar a igreja, é até melhor descer uma parada antes, na Breitscheidplatz), ou então simplesmente olhar as vitrines na Kurfürstendamm, a rua mais chique da antiga Berlim Ocidental. Vale qualquer coisa, desde que o passeio termine no 6º andar da KaDeWe, a loja de departamentos que era símbolo do luxo e da pujança do ocidente. Esse andar é dedicado aos produtos gourmet, um deleite para os olhos, o olfato e o paladar, e é impossível passar ali sem parar em pelo menos um dos quiosques (tá, em uns dois ou três)…

P.S.: o ônibus 200 tem uma rota bem parecida com a da linha 100 e inicia o trajeto bem antes da Alexanderplatz, em Prenzlauer Berg.

Anúncios

30 Responses to “Berlim: do oriente ao ocidente no ônibus da linha 100”


  1. 1 Marlise 21/09/2010 às 19:24

    Adorei sua dica do ônibus linha 100 … estou em Berlim e vou tentar fazer amanhã…obrigada..

  2. 3 Emanuel Bernardo 23/11/2010 às 6:52

    Valeu pela dica! Vou a Berlim em fevereiro e com certeza vou fazer em passeio. Obrigado!

  3. 4 Fê Ruça 14/12/2010 às 18:15

    Wanessa, a dica é mesmo ótima e passear de ônibus por Berlim é ótimo. O único senão que eu vi no texto é o nome da parada da Siegessaule. Na verdade é Grosser Stern e não Grober Stern. É que nosso alfabeto não possui aquela letra que parece um beta, mas o equivalente seriam os dois S. 😉
    No mais, o texto está ótimo!

  4. 6 Elisangela 06/04/2011 às 20:40

    Oiii, adorei a dica

    tens um mapa e os horários do ônibus ??

    meu e-mail é elisqmc@hotmail.com

    Beijooosss

  5. 8 Marina Rolim 04/08/2011 às 8:28

    Excelente dica!!! Vou fuçar o blog, pque já vi que tens cidades que vou conhecer em setembro!!! Um pergunta: como funciona o passe do transporte publico em Berlim? O tal do ticket diário dá direito a metros, trens e onibus???? Qtas subidas e descidasd foram necessárias em um dia??? Obrigada, e possivelmente vou aparecer por aqui de novo!!! Abraços.

    • 9 Wanessa 04/08/2011 às 19:38

      Oi, Marina! Consultando aqui minhas anotações dessa viagem, vi que comprei um ticket de metrô de 7 dias, que se chama Wochekarte, para zonas A e B. Para ir a Potsdam, precisa do passe para zona C, mas acredito que valha mais a pena comprar um bilhete avulso nesse caso. Existe também o ticket de 1 dia, que é o Tageskarte. Com qualquer um deles, você pode usar todos os transportes públicos (usei metrô e ônibus) quantas vezes precisar, desde que dentro do prazo de validade. Não tenho como te responder quantas baldeações fiz, porque isso depende muito da programação de cada dia, não fico contando… Outras dúvidas, pode voltar, sim!

  6. 10 Marina Rolim 05/08/2011 às 14:26

    Obrigada Wanessa! Na verdade, saiu digitado errado, o que eu queria saber era isso que vc me respondeu, que é possível a utilização do transporte público por quantas vezes for necessário (descidas e subidas) na validade do ticket!!
    Obrigadíssima!

  7. 11 Nicole Plauto 16/02/2012 às 14:33

    Muito bom o seu post viu! Eu e outro brasileiro moramos em Berlim e temos um blog sobre a cidade, está começando. Poucos blogs explicam tão bem a trajetória do 100! Parabéns pelo blog!

  8. 13 Renata 09/03/2012 às 16:05

    Nossa, ADOREI a dica, encontrei justamente pq queria saber por onde passava o tal do 100, estou indo a berlim mês que vem e vou levar esta dica impressa, já estou com um mini-guia de dicas…kkk.
    Muito obrigada, exelente, inclusive o tiket semanal, estava na dúvida sobre o que valia mais a pena comprar.

    Bjs

  9. 15 Alessandro Paiva 18/09/2012 às 11:38

    Adorei, Wanessa! Fui a Berlim em março passado e até hoje não me recuperei da depressão pós-viagem, rsrsrs! Se quiser, dê uma olhadinha nos dois posts que fiz sobre essa viagem em http://fuievouvoltar.com/2012/09/02/berlin-i-mog-di/ e http://fuievouvoltar.com/2012/09/02/berlim-como-eu-vi/

    Abraço!

  10. 18 Mauricio 17/11/2012 às 23:24

    Qual o valor do ticket deste ônibus 100? Não achei no site da BVG.de Onde compro?

    • 19 Wanessa 18/11/2012 às 8:59

      Oi, Maurício, Esse é um ônibus normal, então você usa o ticket de transporte público comum. Eu comprei um ticket para vários dias (acho que foi o de 7 dias). Se pretender usar a linha 100 para visitar os pontos turísticos, o ideal é ter um bilhete desses ou pelo menos o de um dia inteiro. Veja mais detalhes sobre os tipos de bilhetes disponíveis: http://www.bvg.de/index.php/en/17181/name/Fares+Overview.html

      • 20 Mauricio 18/11/2012 às 14:18

        Oi Wanessa,
        Eu vou ficar em um Hotel da rede Accor na Alexanderplatz, durante 6 dias, já que chego no dia 5/1 e vou embora no dia 12/1. Gosto de fazer muita coisa a pé, será que vai dar?ou preciso pegar o transporte?
        Como eu sei onde fica a parada na Alexanderplatz do ônibus 100?
        Onde compro o ticket?
        Valeu.

        • 21 Wanessa 18/11/2012 às 19:12

          Maurício,
          Você vai poder ver muita coisa a pé, mas, com a quantidade de dias que terá na cidade, certamente vai usar o transporte público para explorar regiões mais afastadas do centro. Ainda mais sendo inverno, quando caminhar na rua pode não ser tão agradável.
          A parada de ônibus da Alexanderplatz fica na Karl-Liebknecht Strasse, entre a Alexanderstrasse e a Spandauer Strasse. Se você olhar no google maps, vai ver que estou falando de dois quarteirões, mas é que há várias paradas de ônibus nesse local, inclusive a do ônibus que vai para o aeroporto. É só procurar a parada da linha 100. Esse mapa do site da BVG tem indicações mais precisas: http://www.fahrinfo-berlin.de/Fahrinfo/bin/query.bin/dn?ujm=1.
          O route planer também pode ser útil: http://www.fahrinfo-berlin.de/Fahrinfo/bin/query.bin/en?ld=0.1&
          Para comprar tickets de transporte público, você pode ir a qualquer estação do metrô. Segundo o site da BVG (http://www.bvg.de/index.php/en/17188/name/Buying%2BTickets/article/77355.html), dá para comprar o bilhete dentro do ônibus também, mas não estão disponíveis todas as opções, como o ticket de 7 dias.

  11. 22 Mauricio 19/11/2012 às 9:03

    Wanessa,
    Muito obrigado pela ajuda.
    Qual é a diferença entre o ônibus 100 e o 200?
    Vc já está fazendo parte da minha viagem….obrigado.

    • 23 Wanessa 19/11/2012 às 12:59

      Maurcio, os dois seguem o mesmo percurso at um certo ponto, mas eu no me lembro mais para onde o 200 segue. No mapa cujo link deixei no comentrio anterior, voc pode acompanhar o trajeto de um e de outro. Acho que no site da BVG tambm tem o itinerrio de cada um deles em detalhes. Se tiver outras dvidas, estou por aqui. No ser trabalho, pois penso em voltar a Berlim em breve!

      • 24 Mauricio 22/11/2012 às 7:42

        Wanessa,
        Bom dia.
        Obrigado pelas respostas.
        Em relação a alimentação, é fácil e simples comer em Berlin?Tem algum lugar para recomendar?
        Nós estivemos na Suiça em 2011 e esta foi a pior parte, decidir onde comer. Não pelos valores,mas sim pela comida.
        Valeu.

        • 25 Wanessa 22/11/2012 às 22:47

          Oi, Maurício! Não tenho recomendações especiais de restaurantes em Berlim, mas achei fácil me virar com a alimentação por lá. Se bem que adoro um currywurst com batatas, então, ficava fácil! Fiz questão de ir num lugar bem tradicional pra comer esse prato (http://konnopke-imbiss.de/). É um simples trailer embaixo de um viaduto, em Prenzlauer Berg, mas nao se assuste, que o lugar é muito bem recomendado, tive até de pegar fila.

  12. 26 SANDRA 18/06/2013 às 13:36

    Wanessa, já tentei pesquisar e…… não consegui resposta ! será que vc pode me ajudar?1o- a linha 100 tem algum ponto que me leva nos restos do muro de Berlin? a linha funciona normalmente no Domingo? será que os pontos turisticos são visitados no Domingo? agradecida

    • 27 Wanessa 19/06/2013 às 22:36

      Oi, Sandra!
      Desculpe pela demora na resposta, mas é que ela exigiu um pouco de pesquisa.

      A linha 100 não é uma linha especifica para turistas. Ela faz parte do serviço de ônibus normal da cidade e funciona todos os dias. A maioria dos pontos turísticos são visitáveis aos domingos sim. Se você tiver interesse por algum lugar especifico, pesquise nos sites os horários de funcionamento. Normalmente, museus e atracões turísticas fecham às segundas, mas isso não é uma regra.

      A linha 100 não passa em nenhum ponto onde há resquícios do Muro de Berlim. Você pode encontrar pedaços dele na Potsdamer Platz (apenas algumas placas de concreto com painéis explicativos) no Memorial do Muro de Berlim (que tem uma exposição interessante sobre a construção do muro e sobre as vitimas que tentaram cruzá-lo), na East Side Gallery (um trecho extenso transformado em galeria de arte ao ar livre) e no Mauerpark – Parque do Muro (uma área verde construída no trajeto do muro).

      Eu só visitei os dois primeiros. Na Potsdamer Platz, você vai passar por causa do Sony Center mesmo. E o memorial do Muro vale muito a pena para entender mais da história. Você pode ler mais sobre esses passeios no ótimo post do Alessandro Paiva: http://fuievouvoltar.com/2012/09/02/berlin-i-mog-di/

  13. 29 Euridéa Campelo Pereira 08/05/2014 às 15:27

    Olá Wanessa, estou me deliciando com o seu blog. Parabéns pelo seu trabalho, com dicas muito relevantes para turistas amadores, como eu. Além de tudo, é muito bem escrito. Voltarei sempre!


Comments are currently closed.



Blogs de Viagem

%d blogueiros gostam disto: